Numerologia de Dezembro

Numerologia de Dezembro

Aqui está o último mês do ano!!!
O que nos vai trazer?? 🤩

No início de 2019 referi que seria um ano expansivo, e esta expansão traria o melhor e o pior, criando oportunidades para aprendermos “algo” essencial ao nosso crescimento e evolução.

Muitas estruturas caíram, quer por estarem obsoletas, quer por não serem coerentes em nós mesmos. Já não é possível vermo-nos da mesma forma! Já não é possível ver o mundo da mesma forma e muito menos acharmos que o que se passa ao nosso lado, não nos diz respeito!

Crescer implica viver dores de crescimento que têm origem na nossa família e cegos estão aqueles que acham ou dizem que não têm nada a ver com a família! Pois numerologicamente 2019 resulta em 12/3 que somado a dezembro 12/3 = 6! Por isso, dezembro é um mês emocional, cujas emoções passam de geração em geração, que fazem parte de nós e nós fazemos parte deles. A nossa evolução era impossível se os nossos antepassados não tivessem existido e se não tivessem vivido as piores privações e sofrimentos para que neste momento não fosse necessário vivermos a mesma coisa! Cada geração na nossa árvore genealógica teve uma missão! E cada um de nós ao nascer na família, escolheu dar continuidade a essa missão numa escala cada vez mais evolutiva, e evolutiva significa de forma simples, expandir a nossa Consciência!
Como estamos a expandir a consciência na família?

Antes de mais, aceitar que faço parte da família e que tenho um papel na mesma.

Aceitar que é na família onde brotam os maiores tesouros de amor, mas também onde residem as maiores feridas e mágoas.

Aceitar que cada um é responsável por si mesmo e que quanto melhor em si mesmo, melhor estarão todos os laços familiares.

Aceitar que trazemos padrões da linha da mãe e do pai e reconhecer que o nosso propósito de vida é evoluir de acordo com esses padrões, pois ao ter consciência disto, sanamos todas as ligações, como se fossemos uma rede, em que um fio de rede quando curado, cura-se a rede toda!

Aceitar que o verdadeiro crescimento acontece nas nossas emoções como guias de aprendizagem e vivê-las por inteiro, permite-nos conhecermo-nos a nós próprios. Aqui todas as emoções são válidas, desde depressão, culpa, vergonha, desilusão, raiva, desânimo, etc. etc. até à alegria, felicidade gratidão, paz de espírito, etc. etc. – sem escapatória! Pois cada vez mais vemos pessoas a serem medicadas até mesmo crianças que impede de viverem as emoções por inteiro! Se queremos ser inteiros, vivamos o bom e o menos bom por inteiro! Pois só dessa forma, descobrimos mais sobre nós! Não fujamos mais de nós mesmos, arranjando desculpas!!! Se o vazio bate à porta é porque temos de viver o vazio – pois à frente do aparente vazio está um desafio de largarmos algo que já não serve para voltar a nascer. E lembra-te… largar, implica abdicar de crenças, comportamentos e atitudes que te impedem de seres feliz!

Nascer numa família é aceitar construir junto! É aceitar que através do compromisso e responsabilidade, aceitamos vermo-nos espelhados em grupo! É reconhecer partes de nós e ao mesmo tempo descobrir que somos muito mais do que imaginamos!

Neste mês, seremos desafios a construir ao nível emocional e isso implica construir o nosso equilíbrio emocional! Quanto mais de mãos dadas estivermos connosco, melhor será a nossa construção, pois o nosso ” problema” nunca será o outro, mas sim como ajo ou reajo em função do outro e o que se desperta em mim em função de tudo o que acontece.

Este mês, permite-te sentir nos teus laços familiares, honrando os teus antepassados, honrando a tua história e acima de tudo perceber que o que se Une tem mais FORÇA 😉

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.